Ácido Glicólico Para que Serve e os Melhores Produtos [Atualizado 2020]

Ácido Glicólico para que serve ? Quais os seus benefícios na pele?

concentração ajuda dermatologistas

Ácido Glicólico para que serve , é uma pergunta que recebo de muitas subscritoras.
Ter uma pele bonita e acima de tudo com textura saudável gastando pouco tempo do nosso dia pode até parecer um sonho distante para nós, mulheres e homens preocupados em melhorar nossa aparência e qualidade de vida. 

Meu compromisso e missão com vocês, meus queridos leitores, é trazer soluções acessíveis e informações de grande valor e qualidade a fim de resolver seus problemas e dúvidas de alguma forma.

Ad

Vejo que a maioria dessas dúvidas são a respeito de como renovar a saúde e textura da pele, devolvendo a ela um aspecto viçoso, bonito e de quebra prevenir seus principais sinais de envelhecimento. Sejam eles rugas, cicatrizes, linhas de expressão, hiperpigmentação causada por exposição ao sol, manchas indesejadas ou excesso de oleosidade acumulada nos poros causando acne. 

Hoje resolvi trazer para você, informações sobre um ativo capaz de eliminar todos esses e outros indesejáveis incômodos adquiridos ao longo dos anos. Segundo pesquisas, a grande maioria dos dermatologistas aprovam e indicam essa substancia para seus pacientes. Além de transformar a saúde da pele, ela pode ser facilmente encontrado em diversos dermocosméticos.

Criei este guia para que você saiba tudo sobre o ácido que promove uma verdadeira renovação celular em sua pele. Aqui você encontrará fatos e curiosidades sobre a substância antes de tomar a decisão de investir ou não nesse ativo.

Cadastre seu email e receba todas as novidades. Fique atento e acompanhe comigo os benefícios que o ácido glicólico pode trazer à saúde do seu rosto. Essas dicas podem ser úteis!

Antes de qualquer coisa, quero que você saiba exatamente do que se trata esse tal de ácido glicólico. 

Bom, ele é um ácido da família dos alfa-hidroxiácido (AHAs) que são ácidos orgânicos, mais especificamente oriundo da cana-de-açúcar e de alguns vegetais doces. Além disso, um estudo realizado na década de 70 apontou que ácidos naturais como o glicólico, possuem fortes efeitos amenizadores de desordens na pele do rosto. Vou falar mais sobre isso no próximo tópico.

Mais uma curiosidade que você precisa saber sobre o ácido glicólico é que ele é também um ácido lático, sendo assim, facilita a penetração de substâncias diversas na superfície da pele. Dessa forma, ele promove uma esfoliação “agressiva” sob a derme e elimina todo o tipo de impureza presente nela. 

Função e benefícios

A maior função que o ácido glicólico pode desenvolver é a de proporcionar a descamação da “pele morta” sob a derme, eliminando-a e dessa forma renovando 100% da pele por detrás desta película seca e sem viço.  

Vou te contar quais são seus principais benefícios:

  • Rejuvenescimento da espessura da pele:
    O ácido Glicólico pode devolver a saúde da sua pele dessa forma: Normalizando poros dilatados, promovendo renovação celular e eliminação de células mortas deixando seu rosto com aspecto de “pele de bebê”.
  • Produção de colágeno eliminando rugas e linhas de expressão:
    Além do famoso colágeno, esse ativo glicólico ainda estimula a produção natural de elastina, reduzindo sinais de envelhecimento. 
  • Uniformização do tom da pele e clareamento:
    Acelera o processo de eliminação de pigmentos escuros na superfície da pele.
  • Controlo do sebo que produz a oleosidade:
    Possui baixíssimo peso molecular o que o permite penetrar rapidamente na pele desobstruindo poros e evitando o aparecimento de cravos e espinhas.

Outros nomes

Pode ser que você o encontre por aí também como Ácido Hdroxiacético.

Indicações do ácido glicólico - Quem pode usar

Ainda que seja um ácido tido como permitido e benéfico para a maioria das pessoas, ele ainda tem suas poucas restrições por se tratar de um ativo com efeito de médio a agressivo e pode causar danos se usado de maneira incorreta. Além disso é importante consultar seu médico ou dermatologista se deve adicionar esse produto em sua rotina de Skin Care (cuidados com o rosto).

Para manipulá-lo sozinho e com segurança, é de suma importância que o pH do produto dermocosmético seja de no mínimo 3,5% e no máximo 10%. A aplicação de maiores concentrações deve ser realizada por um profissional dermatologista.

Contraindicações

Ainda que muito poucas, bem como todos os ativos de ácido, o glicólico tem sim suas restrições. Vou falar um pouco sobre elas abaixo e te contar quais são as pessoas que devem se manter longe dele: 

  • Pele inflamada ou infeccionada: Se sua pele possui alguma inflamação, mesmo já estando sendo tratada, você deve se abster do uso de ácido glicólico. 
  • Grande exposição ao sol: Se você é uma pessoa que pratica esportes, vai muito à praia ou trabalha ao ar livre e tem muito contato com a luz solar, o ativo também não é indicado a ser usado por você porque pode causar queimaduras.
  • Pele negra: Por seu grande teor clareador, o ácido glicólico em contato com a pele negra pode ocasionar marcas indesejadas e não deve ser utilizado.

Grávida pode usar?

Por orientação médica o ácido não deve ser utilizado por gestantes. 

Possíveis riscos

Como já mencionado um pouco acima, por se tratar de um ácido, ele pode acabar causando queimaduras ou manchas na pele se aplicado em concentrações acima das indicadas para o produto.

Se optar por um tratamento profissional o cuidado também deve ser redobrado na escolha de um bom dermatologista.

Como usar o ácido glicólico?

Você pode encontrar este dermoproduto em diversos formatos. Seja ele em sabonete de limpeza profunda para remover células mortas, sérum clareador, peeling caseiro para renovação celular, máscara para o tratamento de acne ou mesmo como creme hidratante para melhorar a textura da pele.

Quem escolhe a finalidade do produto é a pessoa que o vai consumir. Após decidir qual tratamento deseja realizar com o ácido, basta optar pelo produto que melhor o atenda naquela finalidade e usá-lo conforme suas instruções. 

Cuidados antes de usar o ácido glicólico

Se atente a alguns cuidados com a saúde da sua pele antes de optar pelo ácido glicólico: 

  1. Assim que escolhidas finalidade e produto, ele deve ser apresentado a um profissional que o avaliará dizendo se é ou não uma boa opção para o seu tipo de pele.
  2. Não realizar o procedimento peeling com a pele mal higienizada e engordurada, pois nesse caso o produto pode penetrar levando impurezas para o interior da derme. 
  3. Não utilizar cremes a base de ácido glicólico sem lavar muito bem a pele. 
  4. Não realizar esfoliação, depilação ou qualquer outro processo agressivo por pelo menos dois dias antes da utilização do ácido. 

Cuidados depois de usar o ácido glicólico

Ainda depois da aplicação, você precisa se ater a alguns cuidados como por exemplo o uso contínuo de filtro solar facial com FPS (fator de proteção solar) de pelo menos 50.

Outro cuidado importante é não se expor desnecessariamente a luz solar ou mesmo a luzes artificiais fortes. Ignorar essas recomendações podem causar consequências como por exemplo forte irritação na pele causando descamação, vermelhidão e manchas.

Ad

Antes e depois do ácido glicólico

Os resultados do tratamento dependem de diversas circunstâncias. O tipo de tratamento escolhido, o estado atual da sua pele, seu tipo de pele, a concentração do produto, entre outros variantes. 

Se optar pela solução peeling, os resultados podem aparecer em poucas semanas, já se preferir outras opções menos agressivas, você verá a diferença em alguns meses. Porém, uma verdade incontestável é que os resultados do tratamento com o ácido glicólico são surpreendentes.

Aplicação e tratamentos do acido glicólico na pele

Como já mencionado, por ser um ativo abundante em áreas de exploração existem várias maneiras em que ele pode ser usado na pele.

Peeling de ácido glicólico: como funciona?

Este procedimento de renovação celular pode ser feito em casa por você mesmo, ou com a ajuda médica de um dermatologista. Nele é utilizado uma concentração maior do ativo e em decorrência disso o pH é mais baixo para não agredir tanto a pele. 

Os tratamentos de peeling podem ser realizados em qualquer parte do corpo e traz benefícios como: Formação de colágeno e elastina, melhora significativa na textura da pele, promove luminosidade e viço eliminando aquele aspecto “casca de laranja”, entre outros. 

Ácido glicólico para o tratamento de manchas

Se você sofre com manchas como por exemplo o melasma, manchas de sol, cicatrizes e manchas causadas por acne, definitivamente este tratamento é pra você. Ele tem o poder de remover todas essas imperfeições devolvendo saúde e jovialidade ao seu rosto.

Ácido glicólico para a prevenção de rugas

Não há nada que nos incomode e baixe nossa autoestima mais que os sinais de envelhecimento faciais, não é mesmo? O ácido glicólico é um grande aliado nessa situação. Por desempenhar a função de fazer com a pele produza o famoso colágeno, ele elimina esse problema combatendo cada ruga e linha de expressão.

Ácido glicólico para o controle da oleosidade

A substância é poderosa contra essa oleosidade produzida pela pele agindo diretamente nos poros tratando a causa da produção exagerada de sebo, o ácido glicólico dá fim a este problema enfrentado por homens e mulheres de todas as idades. É importante que você saiba que na maioria dos casos a oleosidade é a grande vilã na luta contra a acne.

Produtos recomendados

Para finalizar nossa conversa e te ajudar a devolver à sua pele e a sua autoestima o brilho e saúde que elas merecem, deixo aqui meus três segredinhos de beleza infalíveis que podem ser usados com está finalidade. Meu favorito é o terceiro.

1. Peeling Químico Derma Peel

O peeling químico Derma Peel é um produto que faz um verdadeiro milagre. Ele é composto por três (3) ácidos essenciais, o glicólico, o mandélico e o salicílico. O produto contém 60g e pode ser usado contra todo e qualquer tipo de imperfeição existente na pele do rosto. 

Suas maiores promessas são: Clareamento e uniformização do tom de pele, devolver luminosidade, viço e suavizar linhas de expressões. O mais bacana é que este dermoproduto pode ser aplicado em todo tipo de pele, incluindo as oleosas.

2. The Ordinary

The Ordinary é um tônico que tem como ativos ácido glicólico e extratos botânicos como tasmanian pepperberry, aloe vera e ginseng. O dermoproduto contém 240 ml em cada frasco e rende muitas aplicações. Sua aplicação deve ser realizada à noite após a higienização da pele.

Se você faz uso do filtro solar, não deve se preocupar com nem um efeito indesejado. O The Original promete (e cumpre, rs) esfoliação completa da pele e remoção de células mortas para restaurar sua aparência clara e radiante que foi perdida com o passar dos anos por conta de exposição à diversos acontecimentos rotineiros. 

3. Ácido Glicólico Routine - Tira Manchas do Rosto

Essa é uma opção bem acessível da marca Hinode para quem deseja remover manchas do rosto. Comigo deu muito certo. Eu era refém de bases e corretivos para esconder minhas manchinhas e cicatrizes e seu uso contínuo me libertou dessa prisão.

Hoje tenho uma pele "limpa" e livre de manchas. Faz quase um ano que resolvi tomar a decisão de cuidar da saúde da minha pele e se você, assim como eu, também deseja cuidar com qualidade da beleza do seu rosto te indico esses três produtos. Você pode encontra-los e adquiri-los com segurança na Amazon.com.

Resumo

Neste artigo você viu tudo sobre o Ácido Glicólico:

  • O que é;
  • Pra que serve;
  • Benefícios;
  • Contraindicações;
  • Como usar;
  • E dicas de produtos de qualidade.

Espero ter lhe ajudado. Compartilhe o texto por email com os seus amigos que também sofrem com esse problema e deixe seu email nos comentários para que possamos nos relacionar. Obrigada por me acompanhar até aqui e até a próxima!

Ad

Cosmetologista

Formada em Farmácia, possui um Master em "Cosmética y Dermofarmácia" no CESIF (Centro de Estudios Superiores de la Industria Farmacéutica) de Barcelona. Apaixonada pelos ativos de cada produto e até por manipulações cosméticas, pode contar com ela para tirar todas as suas dúvidas e para acessar a conteúdo científico bem aprofundado em cada matéria.

About the Author